quinta-feira, 9 de agosto de 2012

EUA X MÉXICO: Uma barreira contra os "Latinos" (Atividade)


Livro/Texto: Revista Discutindo Geografia - Ano 3 - n° 15
Etapa de Ensino: Ensino Médio 

EUA x México - Uma barreira contra os “Latinos”  - Bruno Konder Comparato 
                         
                                                           
Houve um tempo onde os mexicanos eram conhecidos nos Estados Unidos pelo apelido wetbacks, ou “costas molhadas”, pois atravessam a fronteira por rio Grande e tinham que ficar de costas para vigiar os agentes da policia da fronteira estadunidense. Atualmente outras capacidades são exigidas dos candidatos a imigrantes clandestinos: eles precisam ter força e agilidade para pular um muro de vários metros de altura ou resistir a uma marcha duríssima pelo deserto.
A fronteira entre os dois países é imensa – do lado do EUA, quatro Estados fazem fronteira com o México: Califórnia, Arizona, Novo México e Texas - e em muitos lugares ela consiste apenas em uma cerca com tela que pode ser pulada facilmente.
Em 1994, porém, o presidente Bill Clinton iniciou uma política de consolidação da fronteira. O trabalho começou pela Califórnia, zona de passagem preferencial, onde cercas de chapas onduladas foram reforçadas por sucatas metálicas provenientes da guerra do Golfo (1991), muito resistentes por terem servido a construção de pistas de pouso temporárias para os aviões da coalizão liderada pelo EUA.
Já em 2006, o Senado estadunidense aprovou a construção de um muro duplo de 1,2 mil quilômetros de extensão na Califórnia e no Texas, com barras de aço espaçadas de 20 em 20 cm, como nas prisões. Além disso, câmeras de vídeo de altíssima definição e visão infravermelha, avaliadas em US$ 250 mil cada, monitoram a região.
Apesar de não impedir totalmente o fluxo de migrantes do sul para o norte- estima-se que a cada ano 400 mil trabalhadores ilegais entrem em território estadunidense - a nova barreira permitiu limitar consideravelmente o numero de imigrantes. Nos arredores de Nogales, cidade cortada ao meio pelo muro, entre 150 e 250 pessoas são capturadas diariamente pulando a barreira e forçadas a retornar ao México.
O problema dos imigrantes se agravou com a criação do tratado de Livre-Comércio  da América do Norte ( Nafta) que reúne Canadá, EUA e México. Esse acordo prevê a livre circulação de mercadorias, mas não de trabalhadores. As cidades ao sul da fronteira cresceram muito devido à instalação de indústrias “maquiladoras” que montam produtos destinados ao mercado estadunidense. Os trabalhadores mexicanos servem como mão-de-obra barata para as empresas multinacionais que vendem os produtos nos EUA. Assim é que o México se tornou o segundo parceiro comercial do país vizinho. A estratégia estadunidense de fechar hermeticamente as zonas tradicionais de travessias dos imigrantes obrigou os clandestinos a tentar atravessar a fronteira em regiões inóspitas e hostis nas quais sua vida era colocada em risco. Apenas no trecho fronteiriço entre o Arizona e o Estado mexicano de Sonora cerca de 200 pessoas são encontradas mortas anualmente. Ali, o deserto se transforma em um verdadeiro inferno para os imigrantes clandestinos - a temperatura média chega a 45°C à sombra. Isso porque no trajeto quase inexiste sombra, e são raros os locais onde se encontra água.
A ONG Humam Border se dedica a colocar em locais estratégicos centenas de reservatórios de água para ajudar os clandestinos que arriscam a vida por essa rota perigosa. Uma bandeira azul indica a localização da água, e há até mapas com a posição dos reservatórios que são comercializados do lado mexicano.
Os reservatórios são instalados com a autorização do governo dos EUA, que aproveita para deslocar os agentes da imigração até esses locais
 E capturar os clandestinos. Caso consigam passar por todos esses obstáculos, os imigrantes ainda precisam ficar atentos ás milícias locais que os caçam como se fossem animais.


RESPONDA:

1 – Quais foram às primeiras medidas adotadas pelo governo dos EUA para conter os clandestinos?
2 – O que mudou com a criação do Tratado de livre comércio da América do Norte?
3 – Descreva as situações e o clima no deserto do Arizona.
4 -  Qual o trabalho realizado pelo ONG Human Border pela manutenção da vida dos “clandestinos”?
5 – O que você pensa a respeito dos muros que dividem um país do outro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário